Ação educativa do Detran Rondônia reforça a importância de respeitar a legislação de trânsito

Detran investe em ações educativas para melhorar o comportamento do usuário no trânsito

Porto Velho, RO - As ações do Projeto “Trânsito Seguro” do Departamento Estadual de Trânsito – Detran/RO, tem sido reforçadas para alertar aos motoristas quanto aos cuidados e respeito no trânsito, visando evitar acidentes. Na noite de quinta-feira, 9, durante os serviços que estavam sendo realizados na Avenida Pinheiro Machado, região central de Porto Velho, os agentes receberam a presença do auditor do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – Inmetro, Luiz Carlos Mobile, que residente em São Paulo, mas está a trabalho, na Capital de Rondônia, que elogiou o Governo do Estado e o Detran por investir em ações educativas para melhorar o comportamento do usuário no trânsito.

Luiz Carlos Mobile disse que estava saindo de um restaurante quando viu a movimentação dos servidores do Detran Rondônia na via abordando os condutores de veículos e resolveu observar de perto o trabalho. Na avaliação dele, a forma de atuação pareceu muito interessante e, por isso resolveu conversar com um servidor do Departamento Estadual de Trânsito, o qual explicou que se tratava de uma ação de conscientização aos condutores, objetivando segurança viária.

Auditor disse que o Detran Rondônia é exemplo para o Brasil na forma de orientar o condutor, objetivando segurança

“Fiquei impressionado quando me falaram o objetivo da blitz, que se tratava somente de uma conscientização do trânsito. Fiquei bastante comovido porque quando se observa as tragédias que acontecem no trânsito, na maioria das vezes é apenas com o intuito de multar, e se vê poucas ações de conscientização para garantir a segurança no trânsito”, disse o auditor do Inmetro.

O Diretor Técnico de Educação de Trânsito – Dtet, Ruymar Pereira Lima salientou que o trabalho que o Detran Rondônia faz junto aos condutores, no sentido de conscientizá-los sobre a importância de respeitar a legislação de trânsito, é uma forma de salvar vidas, “basta uma pequena distração no trânsito para acontecer um sinistro, por isso estamos sempre orientando. Quando estiver dirigindo não manusear o telefone celular, além disso o motorista deve dar preferência, e acima de tudo se colocar no lugar do outro”, disse o diretor de Educação de Trânsito do Detran Rondônia.

Ruymar Pereira ressalta ainda que apesar do trabalho ser de orientação aos condutores, têm algumas situações que não são permitidas e que sempre ocorrem. Na noite de quinta-feira, por exemplo, em uma ação educativa na Avenida Nações Unidas, os agentes abordaram um veículo com capacidade para cinco pessoas, mas que continham nove passageiros. Em situações assim, o veículo só é autorizado a deixar o local com a lotação permitida em Lei.

Motociclistas devem usar equipamentos de segurança e roupas e calçados resistentes

O mesmo procedimento acontece com as motocicletas que comportam apenas duas pessoas, o condutor e um passageiro; os dois devem estar devidamente equipados com capacetes de segurança. O uso de capacete reduz drasticamente o número de ferimentos graves em caso de acidentes. Condutor e passageiro devem usar capacetes com viseiras ou óculos que protegem os olhos do condutor contra partículas de poeira e pequenos insetos voadores, evitando assim os acidentes.

Para diminuir a possibilidade de sofrer ferimentos em caso de queda ou acidente, é importante que o motociclista vista roupas resistentes. É recomendado ainda que, use casacos, calças de tecido grosso, luvas e calçados fechados. O Código de Trânsito Brasileiro – CTB determina no artigo 54 “que os condutores de motocicletas, motonetas e ciclomotores só poderão circular nas vias: utilizando capacete de segurança, com viseira ou óculos protetores; segurando o guidom com as duas mãos e usando vestuário de proteção”.

O projeto “Trânsito Seguro” é desenvolvido pela Diretoria de Educação de Trânsito e conta com a parceria de outras instituições como a Diretoria Técnica de Fiscalização e Ações de Trânsito – Dtfat, Polícia Rodoviária Federal – PRF e Polícia Militar de Rondônia – PM- RO.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem