População da Zona da Mata vai ser beneficiada com obras de asfaltamento da RO-491; estrada liga Santa Luzia d'Oeste a São Felipe d'Oeste

Obras estão previstas para iniciar nos próximos dias nos 24,93 quilômetros da Rodovia 491

Porto Velho, RO - Um sonho antigo da população da região da Zona da Mata, começa a virar realidade após o Governo de Rondônia, por meio do Departamento Estadual de Estradas Rodagem e Transportes – DER, assinar a Ordem de Serviço – OS, no dia 31 de março deste ano, para o início da obra de asfaltamento, drenagem e sinalização horizontal e vertical da rodovia-491 (Linha 45) entre Santa Luzia d’Oeste e São Felipe d’Oeste. A empresa vencedora do certamente, está finalizando o canteiro de obras para iniciar os serviços.

A execução dos trabalhos na RO-491 atenderá uma extensão de 24,93 quilômetros, com valor estimado dos serviços de pavimentação asfáltica superior a R$ 40 milhões. O recurso é fruto de emenda parlamentar da Bancada Federal com contrapartida do Governo do Estado.

Segundo o diretor-geral do DER, Eder André Fernandes, a pavimentação asfáltica fomentará o desenvolvimento econômico da região da Zona da Mata, trazendo o progresso e facilitando o escoamento da produção dos pequenos e médios agricultores familiares. “A obra é um sonho antigo dos moradores da localidade, que há anos clamavam pela pavimentação asfáltica e demonstra o comprometimento do Poder Executivo à população”, concluiu.

Rodovia ganhará quatro novas pontes de concreto e aço

“Não dá nem para acreditar que essa obra sairá do papel. Moro há mais de 39 anos na região, diversas pessoas prometeram asfaltar e nunca virou realidade. Hoje, com as máquinas e homens se mobilizando para o início da obra, é só felicidade”, disse produtor rural Pedro Alves.

PONTES

Além da pavimentação asfáltica, a rodovia-491 ganhará quatro pontes mistas em concreto e aço substituindo as três antigas estruturas. Sendo duas no Córrego Bamburro, uma no córrego “Corgão” e uma no rio Rolim De Moura.

A mudança do trajeto da estrada com a remoção de curvas perigosas, fará a rodovia-491 receber mais uma ponte. Atualmente a RO-491 possui três pontes antigas que serão substituídas. O projeto do asfaltamento retirou curvas perigosas, com a remoção e mudança do traçado da estrada, mais uma ponte será construída, totalizando quatro pontes mistas em concreto e aço.

As estruturas fazem parte de um projeto inovador no Estado, possibilitando a execução de uma obra de ponte em um prazo reduzido, na ordem de 120 dias, com custos compatíveis, elevada tecnologia e baixo impacto ambiental.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem