Homem não aceita separação e ameaça matar o próprio filho de três anos em Vilhena



Na noite de domingo, 29, um homem identificado apenas por Manoel, que teria como profissão açougueiro, protagonizou cenas de agonia para uma mãe que por mais de 5 horas manteve seu filho de apenas três anos como refém e o ameaçava mata-lo dentro de sua casa, em Vilhena.

A reportagem do Extra de Rondônia conversou com dois rapazes que estavam na frente do conjunto de quitinetes localizado na Rua Benedito Teixeira da Luz, no Bairro Jardim Eldorado, onde fato aconteceu.

De acordo com os jovens, relataram que por volta das 19h00 o suspeito chegou ao local bem alterado, invadiu a quitinete e começou a quebrar alguns utensílios, neste momento a mulher que teria medida protetiva contra o ex-marido saiu correndo com os quatro filhos, inclusive com o mais novo no colo que é filho do suspeito.

Contudo, o suspeito que estaria portando uma faca, correu atrás dela, tomou o menino e voltou para dentro da casa e trancou a porta ameaçando mata-lo caso a mulher não conversasse com ele.

A Polícia Militar (PM) foi chamada e o Major Thiago tomou a frente da negociação tentando convencê-lo a desistir da ideia. Durante a negociação o homem chegou a propor trocar a criança pela mulher.

Contudo, após 5 horas de muita conversa e tensão, o homem se entregou e foi levado para a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp), onde a ocorrência foi registrada.

Fonte: Extraderondonia

Postar um comentário

0 Comentários