MPRO volta a tornar obrigatório o uso de máscaras nas dependências da Instituição a partir de segunda-feira

O retorno da obrigatoriedade de proteção facial também leva em consideração a natureza essencial da atividade prestada pelo Ministério Público

Porto Velho, RO - O Ministério Público de Rondônia voltará a tornar obrigatório o uso de máscaras dentro das unidades pertencentes à Instituição em todo o Estado, a partir da próxima segunda-feira (18/7).

A medida considera o aumento dos diagnósticos de Covid-19 em Rondônia e informações dispostas em boletins diários, publicados pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa). O instrumento aponta o registro de 11.845 novos casos no período de 3 a 13 de julho de 2022.

O retorno da obrigatoriedade de proteção facial também leva em consideração a natureza essencial da atividade prestada pelo Ministério Público e a necessidade de assegurar condições mínimas para sua continuidade, compatibilizando-a com a preservação da vida e saúde de todos que acessam as dependências da Instituição, sejam colaboradores, agentes públicos e a sociedade em geral.

Protocolo – O MP dispõe de outras medidas de segurança para a circulação de pessoas no prédio, a exemplo de oferta de álcool para higienização de mãos. A Instituição também tem protocolos para casos suspeitos ou confirmados da doença.


Fonte: Gerência de Comunicação Integrada (GCI)
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem