O dia na história por Lúcio Albuquerque

O DIA NA HISTÓRIA

Lucio Albuquerque

Jlucioac@gmail.com

BOM DIA 14 DE MAIO!

COMEMORA-SE

Dia do Seguro e do Segurador. 

Católicos lembram Santa Corona. São Miguel Garicots. São Matias (sucedeu a Judas Escariotes)

RONDÔNIA

1950  - Os radiotécnicos Hilarino Moreira Cunha e Artur Marques fundam uma empresa com o nome de fantasia “Rádio Caiary”. 

1985 – Criada a Faculdades Integradas de Cacoal (mais tarde União das Escolas Superiores de Cacoal – Unesc), a primeira faculdade particular de Rondônia.

BRASIL

1952 – Primeira exibição do esquadrão de Demonstração Aérea Brasileiro, a “Esquadrilha da Fumaça”. 

1976 – Inauguração do SBT, antes TVS Rio. 

2005 – Tornam-se públicas as denúncias de compra de deputados pelo PT, é o Escândalo do Mensalão. 

2015 – O STF reconhece o poder investigatório do Ministério Público Federal. 

MUNDO

1811 – Circula o “Idade d’Ouro do Brazil”, primeira gazeta da Bahia. 

1897 - O físico italiano Guglielmo Marconi fez sua primeira transmissão de rádio. 

1939 – A menina peruana Lina Medina, aos 5 anos de idade, é a mais jovem mãe da história da Medicina. 

1948 – Proclamadas a Independência e a criação do Estado de Israel. 

1998 - Morre Frank Sinatra, principais sucessos My Way e The Lady is a Tramp. 

Em 1980 Sinatra cantou no Maracanã, com plateia de 175 mil pessoas.

FOTO DO DIA

Entre os anos 2006 a 2016 uma publicação quinzenal voltada para a cultura e a história portovelhense era distribuída gratuitamente, servindo inclusive para trabalhos escolares de nível superior na capital rondoniense, o “Leitura no Ônibus”, cujos exemplares eram encontrados em escolas, ônibus, restaurantes, repartições públicas e outros locais. 

O hebdomadário tinha como editor e diretor o escritor e palestrante Luiz Carlos Cavalcanti que, como disse ele em várias entrevistas, buscava oferecer ao morador da capital o conhecimento de sua própria cultura, sua história, eventos culturais e personagens, além da oferta de uma degustação literária rápida e objetiva. Luiz Carlos Cavalcanti é autor dos livros “O vendedor lojista” (marketing pessoal e técnicas de vendas), “Entre erros e Acertos” (romance) e “O homem que queria ser enterrado nu” (contos e crônicas).

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem