Detran Rondônia inova em atendimento e reforça serviços oferecidos à população

Detran-RO foi a primeira autarquia de Trânsito do Brasil a aderir a Carteira Nacional de Habilitação Digital

Porto Velho, RO - Implantação da Carteira Digital de Trânsito, adesão ao Sistema de Notificação Eletrônica – SNE e digitalização de autos de infrações são alguns dos avanços que o Departamento Estadual de Trânsito – Detran Rondônia implantou para atender com agilidade e eficiência os seus usuários.

“A Diretoria Técnica de Fiscalização e Ações de Trânsito – Dtfat, tem muito a comemorar” – disse o diretor técnico da pasta, Welton Roney Nunes Ribeiro. “Nosso trabalho, geralmente ligado à fiscalização e autuações de condutores, também é responsável pelo bom atendimento ao contribuinte, oferecendo avanços que dão agilidade na aquisição de documentos” – destacou Welton.

O diretor-geral do Detran-RO, Paulo Higo Ferreira de Almeida, explica que é função da autarquia formar condutores, fiscalizar e administrar o trânsito de veículos. “Compete a nós, como órgão público, atender com agilidade nossos usuários, garantindo assim que os mesmos cumpram com suas responsabilidades. Os avanços da Dtfat tem otimizado tempo e entregue com eficiência os serviços do Detran ao público”.

CARTEIRA DIGITAL DE TRÂNSITO

Atualizado no que diz respeito a prestar um bom atendimento ao público, o Detran-RO foi a primeira Autarquia de Trânsito do Brasil a aderir ao uso da Carteira Nacional de Habilitação Digital em 2018, possibilitando aos condutores portadores da CNH física expedida a partir de 1 de maio de 2017 a optar pela versão digital em seu smartphone através do aplicativo “CNH Digital”, o qual mais tarde passou a se chamar “Carteira Digital de Trânsito – CDT”, aplicativo disponível para Android e IOS.

NOTIFICAÇÃO ELETRÔNICA

O Detran também foi um dos primeiros do Brasil a aderir ao Sistema de Notificação Eletrônica – SNE, que permite ao contribuinte ser comunicado de eventuais infrações através de aplicativo em seu smartphone. “Além disso, o condutor pode aderir ao desconto de 40% no valor de multas de trânsito, conforme na atualidade dispõe o Art. 284, § 1º do Código de Trânsito Brasileiro – CTB.

AUTOS DE INFRAÇÕES

Com objetivo de tornar a consulta e a instrução de processos mais rápidos e eficientes, o Detran-RO determinou a digitalização dos Autos de Infrações de Trânsito nas sedes de Regionais de Fiscalização e Trânsito e na Coordenadoria do Registro Nacional de Infrações de Trânsito – Renainf.

“Com todos os documentos arquivados digitalmente e fisicamente na Coordenadoria do Renainf, facilita a busca de autos de infrações e demais documentos conclusivos para atender a pedidos do Ministério Público, Judiciário e até mesmo de cidadãos comuns interessados com eficiente e célere” – explicou o diretor da Dtfat.

SEI

Até o segundo semestre de 2019, os processos de defesas prévias de autuações e recursos de penalidades tramitavam no Detran-RO de forma física, em papel.

“A autarquia, inovou mais uma vez, determinando a instauração e tramitação de defesas de autuações, recursos de penalidades, requerimentos de prescrição e de conversão de multa em advertência por escrito via Sistema Eletrônico de Informações – SEI, passando a serem abertos nas próprias Circunscrições Regionais de Trânsito- Ciretrans e Postos de Atendimentos – PAs, evitando assim maiores transtornos com arquivos físicos ” – explica Welton Roney.

PARCELAMENTO

Donos de veículos poderão pagar o licenciamento e dívidas em atraso de multas de trânsito parcelado em até 12 vezes no cartão de crédito. A medida do Governo de Rondônia proporcionou ao Detran-RO atender a determinação da Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) nº 697 de 10 de outubro de 2017, onde órgãos e entidades integrantes do Sistema Nacional de Trânsito (STN) poderão promover o credenciamento de empresas para processar as operações e os respectivos pagamentos.

O contribuinte que desejar solicitar o parcelamento do licenciamento e das multas de trânsito ou de débitos relacionados ao veículo, deve procurar uma empresa credenciada com os seguintes documentos: Carteira de Identidade (RG) atualizada e original; Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e o documento do veículo.

O diretor-geral, Paulo Higo Ferreira de Almeida, agradece o apoio do Executivo Estadual quanto aos esforços para viabilizar os avanços no atendimento ao público desta autarquia, que com notabilidade tem melhorado seu atendimento.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem