Banco de Leite Humano Santa Ágata comemora solidariedade das mães rondonienses, no Dia Mundial de Doação de Leite

Comparando os números do ano passado, o aumento de doações corresponde a mais de 90%

Porto Velho, RO - A doação de um pote de leite garante alimentação para 10 bebês de baixo peso da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal – UTI/NEO, do Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro. As mães solidárias que realizam esse ato de amor, colaboram com a saúde dos recém-nascidos. Hoje, dia 19 de maio é comemorado o Dia Mundial da Doação de Leite Humano e nesta data, a equipe do Banco de Leite Santa Ágata, em Porto Velho, comemora a solidariedade das doadoras de leite materno.

“Passamos por momentos difíceis no período pandêmico, muitas mães ficaram receosas em realizar a doação, de se dirigirem ao hospital, com medo da contaminação, mas conseguimos vencer, redobramos os cuidados, realizamos diversas campanhas e garantimos a nutrição dos bebês”, acrescenta a dra. Edilene Macedo Cordeiro, coordenadora do Banco de Leite Humano Santa Ágata.

A solidariedade das mães doadoras é um gesto de amor

Para atender a demanda do Banco de Leite, da UTI Neonatal e da Unidade Intermediária são necessários mais de 100 litros de leite por mês, mas com as campanhas desenvolvidas pelo Governo de Rondônia com o apoio da imprensa, comparando os números do ano passado, o aumento de doações corresponde a mais de 90%.

Edilene explica que, quando o estoque não é suficiente, o leite materno é destinado com prioridade para os recém-nascidos prematuros ou de baixo peso, com infecções, nutrição trófica, portadores de imunodeficiência e alergia a proteínas heterólogas. “Por isso estamos sempre em constante campanha de conscientização, para fornecer aos pequenos a melhor nutrição, nossas perspectivas é que alcançamos nossa meta de mais de 100 litros por mês”, comemora.

O diretor-geral do Hospital de Base, Rodrigo Bastos enfatiza que a doação de leite é primordial para os recém-nascidos e para o atendimento neonatal, pois contribui para a nutrição das crianças o reduz o tempo de internação. “Celebrar esse dia é tão fundamental, pois é a sociedade quem colabora diretamente com o nosso trabalho”.

Consultas pediátricas, nutricionais, atendimentos de enfermagem e domiciliares somaram no primeiro quadrimestre de 2022, mais de 7.900 atendimentos a mulheres. Neste ano, também foram coletados cerca de 212 litros de leite materno. Só no mês de abril do ano em curso, o banco contou com solidariedade de mais de 50 doadoras voluntárias.

DIA MUNDIAL DA DOAÇÃO DE LEITE HUMANO

No dia 19 de maio é comemorado o Dia Mundial da Doação de Leite Humano, a data foi instituída pela Lei n° 13.227/2.015, com o objetivo de sensibilizar a sociedade para a importância da doação de leite humano, dar visibilidade aos bancos de leite e promover o aleitamento materno.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem