Recursos liberados pelo deputado Cirone Deiró garantem atendimento da enfermaria oncológica do Hospital São Daniel Comboni

Os recursos liberados pelo deputado Cirone somam mais de um milhão de reais e buscam garantir o tratamento humanizado dos pacientes da enfermaria oncológica atendidos pelo hospital São Daniel Comboni

Porto Velho, RO - O deputado Cirone Deiró confirmou a destinação de emenda parlamentar no valor de R$ 891 mil para manutenção do atendimento da enfermaria oncológica do Hospital São Daniel Comboni.

Os recursos foram solicitados pela diretoria da Associação Assistencial à Saúde São Daniel Comboni - ASSDACO, em outubro de 2021, ocasião, em que Cirone destinou o valor de R$ 400 mil e garantiu a manutenção do atendimento aos pacientes oncológicos. Com a nova liberação os valores chegam a R$ 1,2 milhões liberados pelo deputado Cirone e buscam garantir o tratamento humanizado dos pacientes atendidos na enfermaria oncológica do hospital São Daniel Comboni de Cacoal e região.

Os pacientes e acompanhantes atendidos pelo São Daniel Comboni contam com a casa de apoio que fica ao lado do hospital. Os serviços da casa de apoio são mantidos por voluntários.

O deputado Cirone lembrou que a Associação Assistencial à Saúde - ASSDACO é uma entidade sem fins lucrativos que tem atuado na linha de frente na prestação de serviços de saúde pública, especialmente aos pacientes oncológicos do Sistema Único de Saúde - SUS.

O deputado tem defendido que a Secretaria de Estado da Saúde - Sesau formalize convênio com a ASSDACO como forma de garantir a continuidade dos atendimentos aos pacientes no hospital São Daniel Comboni. “É inegável o grande trabalho que o hospital São Daniel Comboni realiza no atendimento aos pacientes em tratamento do câncer e a Secretaria de Estado da Saúde precisa reconhecer esse trabalho e formalizar os convênios para assegurar os recursos necessários à continuidade dos serviços,” alertou.

De acordo com o médico e presidente da ASSDACO, Claudemir Borghi, a instituição filantrópica surgiu do sonho e da determinação do padre Franco e um grupo de amigos que sensibilizado com o sofrimento dos pacientes que recebiam o diagnóstico do câncer, precisavam viajar para outros estados em busca de tratamento médico.

Claudemir Borghi disse que esse sonho se tornou realidade com o envolvimento de milhares de voluntários que se uniram para construir o Hospital São Daniel Comboni. “Com a inauguração do hospital estava concluída a primeira fase do desafio. Mas surgiram outras necessidades que ainda precisam da contribuição de voluntários e da parceria e liberação de recursos do governo do estado por meio da Secretaria de Estado da Saúde,” assegurou o representante da associação mantenedora do São Daniel Comboni.

Além dos atendimentos da radioterapia e quimioterapia, há 08 anos, a ASSDACO, por meio do hospital São Daniel Comboni mantém o atendimento da enfermaria oncológica. São 30 leitos de enfermaria destinados ao atendimento aos pacientes em tratamento do câncer. Enfermeiros, técnicos de enfermagem médicos especialistas em clínica oncológica integram o corpo clínico de profissionais que atendem os pacientes na enfermaria.

Os pacientes em tratamento no hospital São Daniel Comboni contam ainda com médicos especialistas em oncologia clínica, radio oncologia, físico médico, enfermeiros com especialização em oncologia, assistente social, psicólogo e farmacêuticos. Além dos profissionais de apoio administrativo em todos os setores da unidade hospitalar.

Claudemir Borghi explica que o custeio com a enfermaria oncológica tem exigido um esforço extra da diretoria e voluntários no sentido de sensibilizar as autoridades para destinar recursos para o atendimento aos pacientes. Borghi explicou que todos os serviços e ações preventivas realizados pelo São Daniel Comboni já tem os recursos assegurados.

A exemplo das campanhas preventivas que são custeadas com os recursos arrecadados nos leilões, enquanto os atendimentos de radioterapia e quimioterapia são custeados por meio de convênio com o Ministério da Saúde por intermédio da Secretaria de Estado da Saúde - Sesau.

O valor de R$ 400 mil liberados, inicialmente, pelo deputado Cirone garantem o atendimento até o final do mês de abril. Sensibilizado com a possibilidade de os pacientes terem o atendimento suspenso na enfermaria oncológica, o deputado Cirone destinou recentemente mais R$ 891 mil para a continuidade do atendimento dos pacientes. “Estou destinando recursos de emenda parlamentar para manter a regularidade do atendimento dos pacientes na enfermaria oncológica.

Mas, continuo trabalhando junto a equipe do governador Marcos Rocha para que a Secretaria de Estado da Saúde estabeleça um convênio de cooperação e resolva de forma definitiva os repasses dos recursos para o hospital São Daniel Comboni continuar prestando esse atendimento humanizado aos pacientes em tratamento oncológico,” declarou.

Claudemir Borghi destaca que além da assistência médica hospitalar, a ASSDACO realiza periodicamente, em Cacoal e municípios da região, campanhas de conscientização e prevenção do câncer de próstata, mama, colo uterino, entre outros. Segundo ele, as campanhas de prevenção têm sido fundamentais para o diagnóstico precoce das mais variadas formas de câncer.

O serviço de oncologia do Hospital São Daniel Comboni que atualmente, realiza mais de dois mil procedimentos mensais. “Os avanços em pesquisa na área da oncologia tem contribuído de forma singular com os resultados positivos para os pacientes que recebem o diagnóstico precoce. E nossos profissionais estão constantemente participando de cursos de atualização na área de pesquisa oncológica,” justificou.

O hospital São Daniel Comboni conta ainda com a assistência médica hospitalar da oncologia pediátrica. Além dos serviços dos profissionais de enfermagem, médico especialista em oncopediatria, serviços de nutrição e áreas sociais voltada às crianças, com o objetivo de oferecer um tratamento integral ao público infantil.

Segundo o médico e presidente da ASSDACO, Claudemir Borghi, todos os espaços e serviços médicos e hospitalares estão fundamentados nos princípios do atendimento humanizado que constituem os pilares da ASSDACO e do São Daniel Comboni. “O amor, a dedicação e o propósito dos voluntários que tornaram esse hospital realidade continuam norteando o atendimento aos pacientes que chegam até nós,” concluiu.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem