Programa "Plante Mais" garante mais de 700 mil mudas de café clonal e equipamentos agrícolas a produtores rurais do Vale do Guaporé


O Programa “Plante Mais” distribuirá em 2022, 5,3 milhões de mudas de café clonal e 600 mil mudas de cacau clonal

Porto Velho, RO - Produtores rurais dos municípios de São Miguel do Guaporé, Seringueiras, Costa Marques, São Francisco do Guaporé e Theobroma, situados na região do Vale do Guaporé, em Rondônia, foram contemplados, nesta semana, com a entrega de 750 mil mudas de café clonal, 40 mil mudas de cacau clonal e equipamentos agrícolas.

A entrega das mudas faz parte do Programa “Plante Mais”, que objetiva combater o desmatamento e incentivar o aumento da produção cafeeira e cacaueira em Rondônia, visando rentabilidade e geração de renda à família rural. O programa é executado por intermédio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) e da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO).

O programa beneficiará agricultores e produtores familiares dos 52 municípios do Estado

O município de São Miguel do Guaporé foi contemplado com 175 mil mudas de café; São Francisco do Guaporé com 205 mil mudas; Seringueiras 175 mil mudas; Costa Marques 100 mil e Theobroma com 50 mil mudas, além de cerca de 7 mil mudas de cacau para cada.

Em dezembro de 2021, o Governo de Rondônia lançou a maior entrega do programa “Plante Mais”, que em 2022 distribuirá ao todo 5,3 milhões de mudas de café clonal e 600 mil mudas de cacau clonal. O programa beneficiará agricultores e produtores familiares dos 52 municípios do Estado. “Esta será a maior distribuição de mudas de café feita por um governo em um ano. Cada produtor receberá até 2.500 mudas de café clonal. Hoje Rondônia é destaque na produção de café de qualidade e sustentabilidade, ocupamos o 6º lugar nacional na produção total de café e 2º na produção de café clonal. Nós temos o terceiro melhor cacau do Brasil, os melhores cacaus da região Norte, e com a entrega dessas mudas vamos aumentar as áreas dessas importantes culturas e avançar muito mais”, informou o secretário da Seagri, Evandro Padovani.

Produtor recebendo mudas de café

Durante a solenidade de entrega das mudas no município de São Miguel do Guaporé, na quinta-feira (20), o produtor rural Valdir Diogo foi contemplado com 2.500 mil mudas de café clonal. Valdir destacou que essa ação vai melhorar a qualidade e a produtividade do café em sua propriedade. “É uma grande satisfação receber essas mudas, estamos muito felizes. Nós já estamos com o terreno preparado para fazer o plantio das mudas, com as valetas prontas, com calcário e esterco. Em nossa propriedade nós já temos 2 mil mudas que recebemos da Emater há três anos e que já estão produzindo. No total nós temos em torno de 13 mil pés de cafés produzindo e é uma grande satisfação receber mais essas mudas para ampliar nossa produção e completar a nossa renda da propriedade”, disse.

A produtora do município de Seringueiras, Penha Denoni, também contemplada com 2.500 mil mudas de café clonal do programa “Plante Mais”, trabalha com urucu, mandioca e abacaxi e agora está mudando para a lavoura cafeeira. Sua propriedade tem 9,5 mil hectares e ela pretende chegar a dois alqueires de lavoura com a mudança do plantio de café seminal para o clonal. “Essa é a primeira vez que eu participo desse projeto e estou muito feliz de receber essas mudas e de poder começar uma nova fase. Nós que somos trabalhadores da agricultura familiar precisamos renovar. Estamos começando com o plantio agora e agradeço a todos os envolvido nesse importante programa e, em especial, a Emater que está todos os dias ao nosso lado dando assistência”, destacou a produtora.

De acordo com presidente da Emater, Luciano Brandão, a autarquia continuará ofertando todo o suporte e assistência técnica aos produtores contemplados para que tenham sucesso tanto no plantio, como no cultivo e colheita dos grãos. “Nós estamos entregando as mudas de café, mudas de cacau e equipamentos agrícolas, e a Emater está ao lado do produtor dando toda a assistência necessária para que a sua lavoura produza. São benefícios que irão contemplar os pequenos produtores dos 52 municípios do Estado. Estamos muito felizes de fazer essa entrega, contribuindo para o desenvolvimento de nossa agricultura”, destacou Luciano.

A produtora Maria Helena de Oliveira, de São Francisco do Guaporé, disse que está muito agradecida por ter sido contemplada com as mudas de café. “A Emater sempre esteve presente e esse trabalho que vem sendo realizado pela equipe é muito importante para o avanço da nossa produção, da nossa lavoura. Estou muito feliz porque agora vou aumentar minha lavoura de café”.

Durante a entrega das mudas no município de Costa Marques, na sexta-feira (21), o produtor beneficiado com o “Plante Mais”, Carlito Martins, ressaltou que a ação irá revolucionar a cafeicultura e cacauicultura em Rondônia. “A plantio dessas mudas de café trará mais renda para nós, produtores. Estou muito feliz em receber essas 2.500 mudas. Com certeza será um grande sucesso o plantio dessas mudas em nosso município. Eu agradeço por ter sido contemplado com este programa e pelo apoio da Emater”, disse.

Já foram entregues até o momento quase um milhão de mudas de café aos produtores rurais dos municípios que compõem a Região do Café, Zona da Mata e Vale do Guaporé. O “Plante Mais” já beneficiou vários produtores de café de todo o Estado com a distribuição de mudas de café clonal. De 2019 a 2020, o Governo do Estado distribuiu 560 mil mudas de café clonal.

O plantio das mudas de café clonal ocorreu em vários viveiros contratados pela Seagri. As mudas foram adquiridas com recursos do Governo do Estado, através de emendas parlamentares, e com recursos do Governo Federal provenientes do Fundo de Recuperação Ambiental.

Vários equipamentos e maquinários irão fortalecer a agricultura familiar

EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS

Além da entrega das mudas, o Governo de Rondônia entregou para os municípios da região do Vale do Guaporé, vários equipamentos e maquinários agrícolas com o intuito de fortalecer os trabalhos da agricultura familiar. Os bens foram adquiridos através de emendas parlamentares, bancada federal e recursos do Estado.

Os equipamentos e maquinários agrícolas servirão para a realização dos serviços de atendimento às famílias de produtores rurais, como por exemplo, na recuperação de estradas vicinais, limpeza de carreadores, cascalhamento de curral, aterramento do solo, corte de grama, armazenamento de alimentos com refrigeração, armazenamento de produtos para transporte, pesagem de alimentos e muito mais.

Entre os bens estão: veículo Pick UP, carretas basculantes, máquina picadeira, máquina empacotadeiras, compactador de silagem, colhedora de forragem, pulverizador, grade niveladora, balanças mecânicas de bovinos, grade aradora, ensiladeiras, sulcador, botijões em alumínio, carreta agrícola, semeadora a lanço elétrica, perfurador de solo, distribuidor de calcário e adubo, roçadeira hidráulicas, entre outros.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem