Rua Venezuela terá canteiro central, ciclovia e nova sinalização



A rua Venezuela, onde estão localizados o Centro Integrado Materno Infantil (Cimi), Centro de Saúde da Mulher e o Samu, está passando por diversas obras, que incluem obras de alargamento, construção de canteiro central, ciclovia e nova sinalização. O trabalho da Prefeitura de Porto Velho envolve diferentes secretarias municipais, que contribuem para deixar o serviço completo.

A obra foi dividida em duas etapas, no trecho entre as avenidas Pinheiro Machado e Calama, e no trecho entre a avenida Pinheiro Machado e rua José Vieira Caúla, no bairro Embratel. Participam dos trabalhos a Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação (Semob), Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran) e Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema).

A etapa da pavimentação, de responsabilidade da Semob, será concluída na próxima semana, mas terá continuidade com serviços das demais pastas.

TRÂNSITO

“Esta rua tinha muita terra nas laterais e faixa de estacionamento muito ampla. As intervenções vão melhorar o fluxo do trânsito”, disse o secretário da Semob, Diego Lage, justificando o alargamento da via, que passa de oito para 16 metros.



Na fase de elaboração do projeto, a Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação (Semur) contribuiu com a topografia.

O projeto inclui ainda a construção de canteiro central, ciclovia, calçadas, iluminação, arborização e nova sinalização.

ÁRVORES

“A Prefeitura tem um planejamento estratégico para reduzir o passivo ambiental que existe na cidade. Apesar de estar rodeada pelo Cinturão Verde, é uma das que menos tem arborização e nós, preocupados com o meio ambiente, queremos inverter esta situação”, explicou o secretário da Sema, Alexandro Miranda Pincer.

A partir de agora, a rua terá plantados, em todo o seu perímetro, mudas de Pau Ferro e Pau Brasil. Os moradores serão conscientizados sobre os cuidados que devem ter para a manutenção das áreas através de uma campanha de educação ambiental.

Texto: Renata Beccária
Foto: Ricardo Farias

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Postar um comentário

0 Comentários