Sesau participa do lançamento da Campanha da Semana Mundial de Amamentação em Brasília



Secretário da Saúde, Fernando Máximo, participou do lançamento da campanha em Brasília

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) participou do lançamento da Campanha da Semana Mundial de Amamentação, que ocorreu no Ministério da Saúde, em Brasília, na última quinta-feira (29). O slogan da campanha deste ano é “Todos pela Amamentação: É proteção para a vida inteira”.

O mês de agosto é conhecido como “Agosto Dourado” por simbolizar a luta pelo incentivo à amamentação. O objetivo da campanha deste ano é mostrar os benefícios da amamentação para o bebê até seis meses de vida, bem como a importância na saúde e no desenvolvimento da criança.

Durante o lançamento, foi discutido ainda sobre o marketing abusivo que interfere na amamentação, doação de leite durante a pandemia, ação mulher trabalhadora que amamenta, além de outras temáticas relacionadas à amamentação.

De acordo com o Ministério da Saúde, de janeiro a abril de 2020, o número de doadoras no Brasil caiu 5% durante a pandemia. No Brasil, há 244 unidades de bancos de leite espalhadas por todo o país. Para ser uma doadora de leite materno é necessário possuir alguns requisitos como: apresentar boas condições de saúde e não utilizar medicamento que possa interferir na amamentação.

Representando o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o secretário da Saúde, Fernando Máximo, parabenizou os envolvidos no evento que trabalharam incentivando o aleitamento materno, propiciando condições para que isso aconteça de forma frequente e mais intensa. “Fico muito feliz em participar deste lançamento, pois é fundamental promover, debater e conhecer mais sobre a amamentação, bem como entender os benefícios e a importância da doação que podem alimentar muitas crianças”, salienta.

Para ser uma doadora basta entrar em contato com o banco de leite humano mais próximo da sua casa ou ligar para o disque saúde no número 136 e realizar o cadastro, após isso, é feito um agendamento e informações como é feita a coleta.

Fonte: Secom

Postar um comentário

0 Comentários