Profissionais da Saúde são homenageados nos 33 anos de implantação do Cemetron

 

Na cerimônia foi apresentado o novo logotipo da unidade hospitalar,

Porto Velho, ROA comemoração dos 33 anos de implantação do Centro Tropical de Medicina de Rondônia – Cemetron no Estado, aconteceu na quarta-feira (15), no Teatro Estadual Palácio das Artes, em Porto Velho. No ato estavam presentes integrantes da gestão da Secretaria de Estado da Saúde – Sesau, direção do hospital e profissionais da Saúde.


Na cerimônia foi apresentado o novo logotipo da unidade hospitalar, que marca a atual fase do Cemetron, apresentação de um vídeo em homenagem aos servidores e convidados e a entrega de 27 certificados de agradecimento aos coordenadores pelos serviços prestados de cada setor do hospital: Direção Técnica; Fisioterapia; Núcleo do Serviço de Arquivo Médico e Estatística – Same; Laboratório; Saúde do Trabalhador; Educação Continuada; Ouvidoria; Segurança do Trabalho; Farmácia; Enfermagem; Serviço Social, Regulação; Gerência Médica; Núcleo Astec; Psicologia; Almoxarifado; Saúde do Paciente; Recursos Humanos; Transporte; Patrimônio e Tecnologia da Informação.

A médica plantonista, Josilene Bernardes que atua há oito anos na Unidade de Terapia Intensiva – UTI, expressou gratidão por ser uma das homenageadas. “Sinto-me muito grata por essa oportunidade de representar toda a classe médica do Cemetron, onde éramos os médicos assistenciais naquele período crítico da pandemia, e todos mantiveram esforços para realizar o melhor atendimento, mesmo com receio de contaminar nossas famílias, ou de não poder estar no dia seguinte trabalhando”, destacou.

“Eu só tenho a agradecer a cada servidor. Passamos por muitas fases e dificuldades. Antes de me tornar diretor eu trabalhei na unidade e senti na pele todas as dificuldades que enfrentamos e apesar disso, o Cemetron nunca deixou a união de lado. A verdade é que não somos só profissionais da saúde, somos uma família. ”, finalizou o diretor do Cemetron, Antônio Marcos.

O secretário adjunto da Saúde, Maxwendell Gomes destacou a importância de comemorar a data como forma de agradecimento a todos os servidores que trabalham há décadas para salvar vidas.

“Como servidor do Estado há 17 anos, me sinto honrado por estar aqui representando a Saúde e ter a oportunidade de homenagear nossos servidores, que, durante esses anos enfrentaram dificuldades e dores na profissão. Essas pessoas deixam suas famílias em casa para cuidarem das famílias de outras pessoas; portanto, deixo aqui o meu agradecimento a todos os profissionais que lutam por nossa população. Vocês são uma família, meu parabéns a todos”, enfatizou Maxwendell Gomes.

ESPECIALIDADES

Solenidade marcou a comemoração dos 33 anos do Cemetron

O Cemetron trata doenças como tuberculose, vírus da Imunodeficiência Humana – HIV, Síndrome da Imunodeficiência Adquirida – AIDS, blastomicoses, leishmaniose, malária, leptospirose, acidente com animais peçonhentos, dengue, covid-19 e outras patologias relacionadas à saúde pública.

A unidade localizada em Porto Velho, além de atender demandas dos municípios rondonienses, as cidades vizinhas dos estados do Acre, Amazonas e ainda, pacientes vindos da Bolívia.

Durante o período mais crítico da pandemia, o Cemetron foi referência no tratamento para a covid-19.

Os participantes fizeram um minuto de silêncio para lembrar dos profissionais que atuaram na área, mas que com a contaminação, não resistiram à doença.

OUVIDORIA

Para aprimorar o contato com a população é importante que as sugestões, reclamações, críticas, elogios, denúncias ou solicitações sejam dirigidas à Ouvidoria da Sesau, pelos números 0800-647-7071 (até às 13h); (69) 98482-1370/(69) 3212-8300 ou pelo e-mail ouvidoriasus.ro@gmail.com
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem