Sesau reforça planejamento para agilizar cirurgias ortopédicas na Capital

Cirurgias ortopédicas são reforçadas no Pronto-Socorro João Paulo II

Porto Velho, RO - Dando reforço ao plano de medidas para garantir melhor atendimento no Pronto-Socorro João Paulo II, na última semana de abril foi realizada a transferência de 56 pacientes que aguardavam por cirurgias ortopédicas, dos quais 41 foram para o Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, para realizar exames e procedimentos pré-operatórios. Os demais foram encaminhados ao Hospital de Campanha de Rondônia, localizado na região Central de Porto Velho.

Os altos índices de acidentes de trânsito na Capital são responsáveis pela maioria da demanda ortopédica nas unidades públicas de saúde.

De acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde – Sesau, mais de 540 cirurgias ortopédicas foram realizadas no primeiro trimestre do ano. O maior número foi registrado em março, totalizando 216 procedimentos. Em fevereiro, 184 e, em janeiro 145 cirurgias ortopédicas.

O paciente Fernando Batista, de 38 anos, é um dos que precisou passar por procedimento cirúrgico no braço direito e destaca o atendimento no João Paulo II. “No final de fevereiro fui internado no JPII após sofrer uma fratura no osso do antebraço. Fiz todos os exames e logo no início de março realizei a cirurgia. No dia seguinte, recebi alta do hospital e continuei meu tratamento em casa. Só tenho a agradecer pela rapidez do procedimento e por todo atendimento dado durante a internação”, argumentou.

O trabalho que vem sendo realizado pela Sesau neste momento é para atender os casos cirúrgicos que, devido à pandemia da covid-19, não puderam ser realizados . “O vírus ainda existe, mas com o avanço da vacinação, os índices de internações reduziram bastante, a agora a Secretaria volta à rotina, semelhante ao período anterior ao vírus. Tem muito trabalho a ser feito, e dentro de algumas semanas pretendemos estabilizar muita coisa que ficou pendente naquele momento mais crítico da pandemia”, comentou o secretário-adjunto da Sesau, Maxwendell Batista.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem