Servidores da Saúde participam de capacitação sobre doenças Arboviroses

Capacitação contou com a presença da equipe do Ministério da Saúde e Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS)

Porto Velho, RO - Para alertar sobre a importância da vigilância e combate às Arboviroses, o Governo de Rondônia por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) realizou nesta sexta-feira (20), uma capacitação sobre doenças Arboviroses para servidores da saúde, oportunidade também para discutir o panorama das doenças no Estado e alinhar junto a estes profissionais, técnicas de manejo clínico e vigilância laboratorial. Arboviroses são doenças causadas por vírus transmitidos, principalmente, por mosquitos, mais comuns em ambientes urbanos, como a dengue, zika e chikungunya. Os vírus causadores dessas doenças são transmitidos por aedes aegypti.

O secretário adjunto de Estado da Saúde, Maxwendell Batista, ressaltou a relevância do treinamento. “Agradeço a presença de todos os servidores e quero dizer que a Secretaria de Estado da Saúde tem oferecido todo o apoio para essa ação, que visa o controle das Arboviroses, e certificar ainda mais conhecimentos para os profissionais de saúde de Rondônia”, pontuou.
 
Técnico do Ministério da Saúde, Pablo Secato falou sobre a importância da Capacitação

O diretor-geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima destacou os novos aprendizados para vencer os agravos das Arboviroses: “Agradeço a parceria e força de todos em busca da melhoria das ferramentas de apoio ao combate e controle dos agravos”.

A capacitação contou com a presença da equipe do Ministério da Saúde e Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS), representados por Pablo Secato, André Machado, Lucas Santos, Pamela Moreira e Paula Maria.

O Técnico do Ministério da Saúde, Pablo Secato falou sobre a importância da Capacitação. “A importância é reforçar a parceria do Ministério da Saúde com os Estados. Essa sensibilização de toda a Rede de Saúde contra as Arboviroses, tanto na Vigilância, assistência e no controle. É muito importante estar escutando todos esses dados e participando ativamente com os Estados, não só em períodos epidêmicos mas no dia a dia. Então a divulgação para a população mostrando a mobilização é muito importante, para que os cidadãos tenham consciência que são determinantes na luta contra as Arboviroses”, afirmou.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem