Detran Rondônia intensifica ação de conscientização para motociclistas

Detran Rondônia realiza operação “Duas Rodas, Uma só Vida” em Porto Velho

Porto Velho, RO - O Departamento Estadual de Trânsito – Detran/RO, por meio da Diretoria Técnica de Fiscalização e Ações de Trânsito – Dtfat tem intensificado a ação “Duas Rodas, Uma Só Vida”; que é específica para motociclistas.

Mais de 50% da frota do Estado de Rondônia é composta de motocicletas e as maiores vítimas de sinistros de trânsito no Estado são motociclistas. Na sexta-feira (20) e no sábado (21), o Detran Rondônia realizou a ação em Porto Velho, com o objetivo de reduzir os sinistros de trânsito envolvendo motociclistas.

O diretor-geral do Detran Rondônia, Paulo Higo Ferreira de Almeida ressaltou que está sendo realizado no Brasil e em vários países no mundo, o Movimento Maio Amarelo 2022, que traz como tema essa ano – “Juntos Salvamos Vidas”. “Precisamos ter consciência no trânsito, se cada pessoa fizer a sua parte, se colocando no lugar do outro teremos um trânsito mais humanizado e seguro”, afirmou o diretor-geral.

Paulo Higo explica que os motociclistas são os mais vulneráveis no trânsito. A motocicleta é um veículo que não oferece segurança ao condutor e passageiro que ficam mais expostos no trânsito. Por estar exposto aos riscos no trânsito, o motociclista deve manter uma postura defensiva no trânsito, afirma o diretor da Autarquia.

O Diretor Técnico de Fiscalização e Ações de Trânsito – Dtfat e Coordenador da Lei Seca em Rondônia, Welton Roney Nunes Ribeiro, explica que mesmo sabendo dos riscos que a motocicleta oferece, há situação em que pode ser observado alguns condutores fazendo manobras arriscadas na via, colocando em risco a própria vida e a de terceiros, “muitos acidentes graves com motociclistas ocorrem em cruzamentos com semáforos, uma colisão lateral atinge em cheio o motociclista, podendo sofrer lesões graves e até vir a óbito”, lamentou Ribeiro.

Outro alerta feito pelo diretor de Fiscalização do Detran Rondônia, é quando o semáforo vai mudar para a cor amarela, que significa alerta, cuidado, e muitos motociclistas aceleram para atravessar a via, “o acidente pode ocorrer em fração de segundos, a responsabilidade no trânsito faz toda a diferença”, explica Welton Ribeiro.

Dados estatísticos comprovam que motociclistas são as maiores vítimas no trânsito

Durante a ação “Duas Rodas, Uma Só Vida”, os agentes de trânsito verificam se os condutores de motocicletas são habilitados, se o veículo está com a documentação regular e em condições de trafegabilidade. O motociclista é convidado para assistir um vídeo de três minutos, onde são exibidas cenas de acidentes envolvendo motociclistas que poderiam ter sido evitados, caso o condutor tivesse mantido prudência no trânsito.

Os agentes orientam para o uso correto dos equipamentos de segurança, como o capacete com viseira abaixada e devidamente afivelado, o uso de calçados fechados e roupas adequadas, manter sempre a luz do farol acesa, conduzir sempre com as duas mãos, não exceder o limite da via e não transportar criança menor de 10 anos na garupa da motocicleta.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem