Carreata promovida pela Ciretran de Ariquemes marca encerramento do Movimento Maio Amarelo, neste domingo

Ciretran de Ariquemes mobiliza a população para participar de carreata Maio Amarelo neste domingo

Porto Velho, RO - O Departamento Estadual de Trânsito – Detran Rondônia, por meio da Circunscrição Regional de Trânsito – Ciretran de Ariquemes, realiza neste domingo (29), às 15h30 a carreata do Movimento “Junto Salvamos Vidas”, que integra as ações do Maio Amarelo e marca o encerramento da campanha. A concentração da atividade será em frente à Ciretran do município, localizada na Avenida Tancredo Neves, Setor Institucional. Condutores de veículos podem participar da carreata, se inscrevendo no link do Movimento Juntos Salvamos Vidas.
 
Carreata integra as ações do Movimento Maio Amarelo

O chefe da Ciretran de Ariquemes, Ademilson Vicente, explica que o percurso da carreata sairá da Rua Tancredo Neves, passando pelas Avenidas Machadinho, Juscelino Kubitschek, Rio Madeira, retornando à Rua Tancredo Neves com destino à Praça Quero-Quero, localizada à Rua Inglaterra; Jardim Europa. “Faremos também uma simulação de acidente com o objetivo de fazer com que todos os participantes reflitam sobre seu comportamento no trânsito, pois juntos salvamos vidas”, disse.

O diretor-geral do Detran Rondônia, Paulo Higo Ferreira de Almeida destaca a importância do Movimento Maio Amarelo e da participação dos parceiros da iniciativa pública e privada, e da sociedade nesse processo de conscientização e mudança de postura no trânsito.

“O Maio Amarelo tem o objetivo de dar importância à segurança viária e mobilizar o Poder Público e a sociedade de modo geral para debater o assunto, buscando soluções para que o trânsito seja mais seguro e humanizado para todos, e a carreata atende essa necessidade”, pontuou Paulo Higo.

O diretor-geral enfatiza ainda que o trabalho de Educação de Trânsito e de Fiscalização realizado pelo Detran, tem sido fundamental para a redução de acidentes. “Assim fica claro que juntos salvamos vidas”, destacou Paulo Higo.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem