O dia na história por Lúcio Albuquerque

O DIA NA HISTÓRIA

Lucio Albuquerque

Jlucioac@gmail.com

BOM DIA 26 DE ABRIL!

COMEMORA-SE

Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. Dia Mundial da Propriedade Intelectual. Dia do Goleiro. Dia Internacional do Desastre de Chernobyl. Dia do Juiz da Justiça do Trabalho.  

Católicos lembram celebração da 1ª missa no Brasil. E também Santo Anacleto (ou Cleto), o 2º papa. São Pascásio Radberto. São Luís Maria Gliguinion.

BRASIL

1500 - Celebrada a 1ª missa no Brasil, na praia de Santa Cruz de Cabrália (Bahia), pelo frei Henrique de Coimbra. 

1952 — Publicada a primeira edição da Revista Manchete, da Bloch Editores. 

1965 — Com a apresentação do programa infantil “Uni Dune Tê”, a TV Globo (RJ) é inaugurada. 

1973 – No governo Geisel, é criada a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, a Embrapa. 

1982 - Sua Santidade Tenzin Gyatso (Jetsun Jamphel Ngawang Lobsang Yeshe Tenzin Gyatso), o 14º Dalai Lama, chega ao Brasil. 

MUNDO

1937 — A cidade de Guernica (ESP) é desruída pela Luftwaffe (força aérea alemã), destruição que gerou o quadro “Guernica”, de Pablo Picasso. 

1970 — Vigora a Convenção para o Estabelecimento da Organização Mundial da Propriedade Intelectual.

FOTO DO DIA - Vila de Teotônio - peixes subindo a cachoeira

Um espetáculo que não existe mais: na cachoeira de Teotônio (Rio Madeira a montante de Porto velho), época de piracema (movimento migratório de peixes com fins de reprodução), cardumes imensos se atiravam tentando passar além do pedral e seguir viagem rumo aos locais de reprodução durante a cheia do rio e dos seus igarapés. 

Dos muitos que saltavam tentando vencer as corredeiras e o pedral, uma boa quantidade de peixes acabavam caindo em buracos escavados pelas águas nas rochas, onde eram capturados pelos pescadores, à mão livre. 

O local foi destruído e em seu lugar construída uma das duas usinas hidrelétricas do Rio Madeira, parra aumentar a geração de energia elétrica do país (Acervo Rondônia Minha Querida Rondônia, foto Dana Merril,  colorizada por Luís Claro

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem