Vídeo: Mensagem ambígua de prefeito de Cacoal pode representar incentivo à violência

A impressão que fica é que Fúria não acredita no trabalho da PM

Porto Velho, RO - Um vídeo postado pelo prefeito Adailton Fúria (PSD), de Cacoal, em suas redes sociais está causando muita polêmica diante da mensagem que a autoridade está passando á comunidade.

O prefeito aparece na imagem num estande de vendedor ambulante para comprar, afirmando que está à procura do artefato para castigar ladrões de fios de cobre em logradouros públicos da cidade, declarando que em Cacoal a partir de agora este será o tratamento dado a este tipo de conduta.

Há várias considerações que podem ser extraídas do contexto, a começar pelo fato do tipo de estabelecimento comercial que o prefeito procura para fazer a compra, preferindo um ambulante do que o comércio formal, o que pode indicar que em Cacoal os trabalhadores informais devem estar com suas situações legais em ordem, a ponto de serem prestigiadas pelo próprio prefeito na hora de ir às compras.

Outra coisa impressão que se extrai do vídeo é que, para Adailton Fúria, a Polícia Militar do Estado de Rondônia é incapaz de patrulhar a cidade de forma eficaz para evitar a prática deste tipo de crime, cabendo então ao próprio prefeito tal missão.

Aliás, ele até diz que se flagrar roubo der fio no Espaço Beira Rio não vai chamar a polícia, dando a impressão que não confia no trabalho da PM, pelo menos neste tipo de situação.

O Chefe do Executivo também sinaliza que em Cacoal não é necessária, pelo menos no caso deste tipo de delito, a existência do Ministério Público nem do Poder Judiciário, uma vez que, além de patrulhar, ele se reserva ao direito de acusar os suspeitos e julgá-los, aplicando em seguida sua sentença.

Há ainda a questão do incitamento à violência, afinal ele é uma figura pública e influente, e a partir do momento em que anuncia que fará justiça com as próprias mãos pode estar dando um péssimo exemplo à população que governa.

Enfim, não se sabe se o prefeito quis apenas fazer uma graça ou se está falando sério, mas o fato é que a iniciativa acaba reforçando em certos setores da sociedade e no meio político em geral a impressão de que há certa falta de maturidade e formalidade por parte de Adailton Fúria no exercício da função que exerce.

  

3 Comentários

  1. Ele é melhor que muito vagabundo por aí que só rouba ... e a mídia apoia

    ResponderExcluir
  2. Certíssimo o prefeito. Tinha que comprar era um 3.8. " Bandido bom é bandido morto!

    ResponderExcluir
  3. Passaporte para o céu de baixo. Bando de miserável que não tem coragem de trabalhar e fica roubando. Tem é que matar. E quanto a polícia, ela não dar conta mesmo não, infelizmente. Se desse conta a gente via resultado. A segurança pública tá precária.

    ResponderExcluir
Postar um comentário
Postagem Anterior Próxima Postagem