Flamengo oficializa contratação de Marinho, ex-Santos

Marinho chega ao Flamengo para repor as perdas de Kenedy e Michael, jogadores que também atuam pelo lado do campo

Porto Velho, RO - Nesta sexta-feira, 28, o Flamengo oficializou a contratação de Marinho, o primeiro reforço da Era Paulo Sousa e do clube para o ano, com contrato até dezembro de 2023. O time rubro-negro e o Santos, agora ex-time do atacante, avançaram na negociação para que o atacante pudesse desembarcar no Rio de Janeiro já na última quinta-feira.

O anúncio contou com uma brincadeira sobre "mini míssil aleatório" e lembrou o fato dele e o seu pai, Zé Carlos Costa, estarem realizando um sonho.

"É, pai, agora chegou a hora de realizar o teu sonho, e o meu também", diz Marinho, o novo camisa 31, em um vídeo postado pelo Flamengo.

Marinho, inclusive, já teve o primeiro contato com Paulo Sousa, nesta sexta, e chega para uma posição que se tornou carente na Gávea nas últimas semanas: a de ponta. No dia 12, Kenedy deixou o Flamengo após o Chelsea, da Inglaterra, pedir o retorno imediato do meia-atacante. Além dele, o clube da Gávea acertou a venda de Michael ao Al Hilal, da Arábia Saudita, nesta quinta.


Vale destacar que Marinho tinha o desejo de defender o Flamengo, o que pesou na negociação. O atacante, inclusive, abrirá mão de uma divida que o clube da Vila Belmiro tem com ele. Pelo jogador, o time rubro-negro desembolsou R$ 7 milhões.

Na última temporada, Marinho disputou 42 partidas, marcou nove gols e deu quatro assistências. No entanto, o auge da carreira foi em 2020, quando fez 24 gols e deu oitos assistências em 43 jogos disputados. Além disso, o atacante foi eleito o Rei da América no ano em questão.

FICHA TÉCNICA

Nome completo: Mário Sérgio Santos Costa

Data de nascimento: 29/05/1990

Altura: 1,69 m

Clubes por onde passou: Fluminense (2008), Internacional (2009-2013), Caxias (2011 emp.), Paraná (2011 emp.), Goiás (2012 emp.), Ituano (2013 emp.), Náutico (2014), Ceará (2015), Cruzeiro (2015), Vitória (2016), Changchun Yatai, Grêmio (2018-2019) e Santos (2019-2021).

Fonte: Terra
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem