Escândalo em Cacoal: Suposto envio de nudes de vereador à funcionárias públicas gera controvérsia em Cacoal

Nudes de vereador em Cacoal: verdade ou mentira?

Porto Velho, RO - Uma onda de boataria está varrendo os grupos de aplicativos de mensagens na "Capital da BR" depois que uma coluna num site local veiculou notas afirmando que há um vereador da cidade enviando nudes a funcionárias públicas da cidade.

Como não são divulgados os nomes dos implicados da suposta situação, a "notícia" acabou gerando uma série de controvérsias em Cacoal, que vão desde o questionamento acerca da veracidade da história, até especulações sobre quem seria o tal vereador, que supostamente é uma pessoas de perfil conservador e moralista.

Há gente que avalia que o caso pode ser uma troca de mensagens inconvenientes entre amantes, mas também existe quem classifique a situação como constrangimento ou mesmo assédio. A boataria está intensa e urge que o próprio Poder Legislativo, através de seus dirigentes, venha a público esclarecer o que está ocorrendo, posto que a credibilidade do Parlamento está mais uma vez em xeque perante a opinião pública.

Independente do que está de fato acontecendo, a história já se torna passível de investigação, pois se for mentira está colocando em jogo a credibilidade e a idoneidade do acusado, cuja identidade logo será revelada ou pelo menos cogitada; e se realmente isso está acontecendo trata-se de, no mínimo, quebra de decoro ou mesmo crime.

A confusão está colocando também em questionamento a credibilidade do jornal que veiculou a coluna, uma vez que o fez de forma velada, apesar de dar a entender que o autor sabe quem são todos os envolvidos, seja na condição de remetente ou destinatário dos supostos nudes, mas não oferece justificativa coerente para não revelar quem são, criando toda a celeuma.

É muita controvérsia num momento em que a população enfrenta problemas graves que precisam da intervenção do Poder Público, e esse tipo de celeuma não contribui em nada para a resolução das demandas da comunidade cacoalense.
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem