“Não rachei com a base, apenas não vou prevaricar”, afirma vereador Fogaça



O jornalista e vereador de Porto Velho (RO) Everaldo Fogaça visitou a redação do jornal JH

Porto Velho, RO - O jornalista e vereador de Porto Velho (RO) Everaldo Fogaça visitou a redação do jornal JH nesta quarta-feira (10) para conversar sobre o seu segundo mandato no legislativo municipal, iniciado em janeiro desse ano.

Presidente da CCJ, o vereador fica responsável pelas análises dos projetos que pautam o Parlamento Mirim, fato que o coloca em uma posição de bastante destaque, porém muitas vezes pode ser uma amarga condição.

“Dentro da CCJ existem situações em que, ou eu exponho à sociedade, ou corro o risco de ser acusado de prevaricação. Muitas vezes alguns amigos e parceiros levam para o lado pessoal, mas não é, apenas estou cumprindo o meu papel de vereança”, destacou Everaldo Fogaça.

Entre os pontos de destaques do vereador Fogaça apontados durante sua atuação na CCJ está a denúncia de supostas irregularidades na contratação do serviço de coleta de lixo na capital, fato que segundo Fogaça, não tinha condições de ficar encoberto.

“Recebi a denúncia e constatei que havia um direcionamento na licitação, isso após análise e estudo técnico. Apresentei a denúncia ao gabinete do prefeito, aos vereadores e também aos órgãos de fiscalização”, falou Everaldo Fogaça.

Outra situação que fez com Fogaça se indispusesse com alguns nomes do Executivo foi a denúncia de que lotes de álcool estariam armazenados ao relento em uma quadra esportiva. Fogaça constatou, denunciou e conseguiu resolver o problema.

O vereador garante esse seu posicionamento é fruto da independência de seu mandato, mas que exerce um bom relacionamento com o Legislativo e com o secretariado do poder executivo, só destaca algumas rusgas com alguns “bajuladores” do prefeito.

“Na minha opinião o Hildon Chaves é um dos melhores prefeitos que já passaram pela capital de Rondônia, ele vem desempenhando um trabalho intenso, a única coisa que prejudica são os bajuladores, que acabam atrapalhando o trabalho dele, iludindo o prefeito em algumas ações”, exclamou Everaldo Fogaça.

Porém, essas ações consideradas “contra a maré” tomadas pelo vereador Fogaça não o levaram para fora da base do prefeito como muita gente passou a acreditar, mas ele alegou que chegou a ser excluído do grupo de vereadores da base nas redes sociais. “Nada que não tenha se resolvido”, falou.

Quando o assunto é o pleito 2022, Fogaça afirma que assim como diversos pares do parlamento vontade de buscar um mandato na ALE/RO em 2022 não falta, porém a politica é formada por uma série fatores, por isso nada é certeza até lá.

“Tenho uma ótima relação com o meu partido, porém, ainda não é o momento de pleitear qualquer situação eleitoral, sigo o meu mandato de vereador e vamos aguardar o que a população anseia para 2022”, prospectou Everaldo Fogaça.

Através de sua relação com o REPUBLICANOS, Fogaça conseguiu indicar verbas através de emendas de deputados correligionários, além de emendas que ainda estão sendo encaminhadas pelo mandato do ex-deputado federal Lindomar Garçom.

Atuando na imprensa há mais de 25 anos, Fogaça começou sua trajetória ainda no interior de Rondônia, chegou à Porto Velho em 2003, de lá para cá, assumiu seu primeiro mandato de vereador em 2015 e conquistou força politica com a sua base que ele considera formada por pequenas grupos de pessoas em todos cantos da cidade.


Fonte: JH Noticias

Postar um comentário

0 Comentários