MANÍACO - Criança foi morta estrangulada com a própria Camisa

 

Acusado também cumpria prisão no semiaberto e confessou o crime em depoimento

Porto Velho, RO - De acordo com informações da Polícia Civil de Rolim de Moura, o maníaco Paulo Cesar Gomes, de 40 anos, matou o menor Wanderson Correia da Silva, de 10 anos de idade, na semana passada utilizando a própria camisa da vítima para estrangulá-la. O crime chocou a cidade que há anos não era abalada com um crime dessa natureza.

Paulo César cumpria pena no regime semiaberto e confessou o crime, mas segundo ele, sua intenção não era de matar a criança. Sua intenção era estuprar o menor, mas como esse tentou fugir, ele acabou matando-o. Ele foi preso em flagrante o Residencial Jardim dos Lagos, bairro Cidade Alta, após ser denunciado por moradores.

Paulo já foi condenado por dois crimes de estupro, tem passagem por crime de furto e está sendo investigado por tráfico de drogas. Jamais deveria estar nas ruas como um predador de crianças incautas ou de vítimas indefesas. Ele só foi preso porque uma testemunha o viu no local passeando com a criança, que minutos depois foi encontrada morta.

O crime aconteceu na tarde da última sexta-feira 15.10, e no sábado, durante uma coletiva à imprensa, delegados Daniel Hoffmann e Mario Henrique, deram detalhes sobre o crime. O acusado não possui nenhum tipo de relação com a família da vítima que foi convencida a entrar no imóvel abandonado sob pretexto de ganhar um dinheiro para ajudar na limpeza da casa.



"Chegando no imóvel, ele convenceu a criança, alegando que estava calor e que iria tirar a camiseta em seguida abaixou a calça. Foi quando o menino se assustou e tentou fugir, sendo agarrada pelo pescoço. Ali mesmo, com a camiseta da vítima o acusado a estrangulou. Não está descartada a hipótese da vítima ter sido abusada antes de ser morta pelo maníaco.



Postar um comentário

0 Comentários