Primeira compradora do II Festival Nacional do Tambaqui da Amazônia, destaca importância da iguaria para rondonienses

 


No “II Festival Nacional do Tambaqui da Amazônia”, promovido pelo Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) e demais parceiros neste domingo (19), em Porto Velho, a servidora pública Izabel Maria de Araújo foi a primeira pessoa a comprar o peixe assado, garantindo o almoço da família. No ato da compra, ela destacou a organização e o trabalho realizado pelos colaboradores do evento.



Compradora (à direita) parabenizou toda equipe do Governo de Rondônia, pela organização do “II Festival do Tambaqui da Amazônia”

A servidora Izabel caminhou atá o local do evento e comentou sobre a necessidade dos rondonienses aderirem ao consumo da espécie por ser saudável. “Assim que olhei para os peixes saindo das churrasqueiras, achei muito bonito e bem assado, o que o diferencia de outros peixes vendidos por aí. Os assadores com certeza capricharam no preparo. Estão todos de parabéns!”, declara.

A servidora também reforçou o importante impacto socioeconômico que o tambaqui traz para o Estado, tendo em vista que quanto mais pessoas passarem a adotá-lo no cardápio durante as refeições diárias, a cadeia produtiva da região aumentará. “Uma iniciativa que deve continuar a ser realizada pelo Governo de Rondônia”, acrescenta.

Prestigiando o momento, o secretário da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), Evandro Padovani, destacou o empenho das equipes no trabalho durante vários meses sendo incentivado pelo Executivo Rondoniense. “Hoje é um dia de muita alegria para nós, temos vários departamentos, Secretarias e entidades envolvidos neste festival. Vale ressaltar que estamos seguindo todos os protocolos sanitários, para que possamos levar um produto de qualidade às pessoas” finaliza.



Evento também incentiva a população a consumir mais tambaqui durante refeições

De acordo com Padovani, os recursos arrecadados com o “II Festival Nacional do Tambaqui da Amazônia” serão direcionados a entidades que desenvolvem ações sociais sem fins lucrativos de Rondônia. Na Capital, o Hospital Santa Marcelina, será beneficiado com os recursos adquiridos no evento.

O evento é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri), Entidade Autárquica de Assistência e Extensão Rural (Emater-RO), Superintendência Estadual de Desenvolvimento e Infraestrutura (Sedi), Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado (Idaron), em parceria com a Associação dos Criadores de Peixes de Rondônia (Acripar), o Sistema Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Banco da Amazônia (Basa), e as empresas: Lions Clube, Zaltana Pescados, Agrofish, Pescados do Vale, Nova Aurora e WS Pescados da Amazônia.

Postar um comentário

0 Comentários