Fracassado: O protesto contra o presidente Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro não obteve a repercussão esperada


Manifestantes fazem um protesto, na manhã deste domingo (12) em Copacabana, na Zona Sul do Rio, contra o presidente Jair Bolsonaro.

O ato foi organizado pelo Movimento Brasil Livre (MBL) e pelo Movimento Vem Pra Rua e se concentrou na Avenida Atlântica, na altura do Posto 5. Por volta das 13h, os manifestantes começaram a dispersar.

Eles gritaram palavras de ordem, pediram vacina contra a Covid para todos e também o impeachment do presidente Bolsonaro.

Os manifestantes defenderam a superação temporária de diferenças ideológicas em favor do combate ao governo Bolsonaro e de uma terceira via para as eleições presidenciais de 2022. Havia faixas e cartazes com a frase: “Nem Lula, nem Bolsonaro”.

Apesar de ter grande participação de partidos de direita, era possível também encontrar representantes de pelo menos dois partidos à esquerda do campo político: PC do B e PDT.

A família do presidente Bolsonaro também recebeu críticas. Os manifestantes citam principalmente as suspeitas relacionadas à apropriação de salários de assessores do então deputado estadual e agora senador Flávio Bolsonaro - as chamadas “rachadinhas”.

O ato não prejudicou o trânsito na Avenida Atlântica, pois a via é utilizada como área de lazer aos domingos e fica interditada ao tráfego.

Fonte: G1

Postar um comentário

0 Comentários