A pizza de Bolsonaro que causou chilique se indignação na oposição



Randolfe Rodrigues, Kim Kataguiri, Arthur do Val, Gleise Hoffmann, Lula, João Doria, Alexandre Frota, Joice Hasselmann, reclamaram em suas Redes sociais do comportamento do Presidente Bolsonaro em ter comido pizza numa calçada em Nova York e considerado normal para ele.

"Ele representa uma nação e abre oficialmente a Assembleia-Geral da ONU, não poderia ter este comportamento ridículo", disse a presidente do PT, Gleise Hoffmann. Bolsonaro colocou o pedaço da pizza no guardanapo e fez uma selfie.

Desde que apareceu na capa de todos os sites, jornais eletrônicos, portais de notícias e blogs comendo pizza numa calçada de Nova York, o Presidente Bolsonaro virou alvo, mais uma vez, dos constantes chiliques da oposição.

De ontem para hoje apareceram de Randolfe Rodrigues (senador) a Arthur do Val (mamãe falei do MBL) vomitando suas críticas ao comportamento de Jair Bolsonaro em simplesmente comer pizza na rua.

A grande mídia e imprensa alegam que Bolsonaro não quis se vacinar e, de acordo com os protocolos internacionais, os Estados Unidos só pode consumir em locais públicos fechados se estiver vacinado, embora haja controvérsias sobre esse tema.

Mesmo não vacinado, o Presidente discursou na abertura oficial da Assembleia-Geral da ONU nesta terça-feira, 21 de setembro em Nova York.

Os Estados Unidos não são como o Brasil. Por aquelas bandas do Tio Sam as pessoas comem nas calçadas, do mais rico ao mais humilde fazem isso.

É o comportamento de quem vive na América. Bolsonaro seguiu aquilo que é costumeiro entre os norte-americanos.

Os críticos de plantão do Presidente afirmam que Bolsonaro poderia ter se sentado com os ministros em áreas externas de restaurantes, uma vez que a restrição é para os locais fechados dos estabelecimentos.

Não fez porque é birrento como uma criança, disse Randolfe. Quando souberam que o Presidente Bolsonaro estaria numa calçada de uma pizzaria em Nova York, um grupo formado por 10 manifestas foram em direção ao local que se encontrava Bolsonaro para protestar contra o Presidente do Brasil.

Também gritaram palavras de ordem ao saber que Bolsonaro já tinha entrado no hotel, como “criminoso entra pelos fundos”.

O local escolhido vende pizzas em fatias, servidas em guardanapos de papel. O presidente fez uma selfie com os seus ministros na calçada de uma rua em Nova York próximo ao hotel onde a comitiva brasileira está hospedada.

Fonte: Jornalista Victoria Bacon


Postar um comentário

0 Comentários