Polícia desencadeia operação para prender envolvidos em assalto a posto



Na manhã desta quarta-feira (4), a Polícia Civil deflagrou a Operação Coquetel, para dar cumprimento à 5 mandados de prisão e 6 mandados de busca e apreensão contra criminosos envolvidos em um roubo a um auto posto de combustível, ocorrido no dia 5 de maio deste ano, no município de Alta Floresta. Após o crime, o bando foi comemorar em um bar.

De acordo com a Polícia, era por volta das 23 horas, quando três criminosos, cada um com uma arma em punho, chegaram ao auto posto, anunciaram o assalto e renderam dois funcionários, que inicialmente foram mantidos na loja de conveniência, onde funciona também o caixa. Eles contaram com o apoio de um carro.

Os criminosos exigiram que fosse aberto o escritório, e o cofre, entretanto os funcionários não tinham as chaves, sendo que a porta do escritório então foi arrombada, mas o cofre não chegou a ser aberto.

Enquanto os criminosos praticavam o assalto, chegaram ao local, quatro clientes, que também foram dominados sob a ameaça de arma e feitos reféns.

De um dos clientes, foi roubado o celular e R$ 4 mil. Foram levados ainda, cerca de R$ 1.500 em dinheiro que estava no caixa, bebidas, cigarros, pacote com dinheiro para troco, que estava no escritório, bem como pertences pessoais dos demais clientes e dos funcionários.

A operação recebeu o nome de “Operação Coquetel”, porque após a prática do crime, os criminosos, ao invés de retornarem para Rolim de Moura, onde moram, foram tranquilamente até um bar em Alta Floresta, comemorar o feito criminoso, o que revelou o tamanho da ousadia e frieza dos criminosos.

O esclarecimento da autoria contou com o fundamental apoio da Polícia Militar, que ao terem acesso às imagens, reconheceu os infratores, que eram conhecidos no mundo do crime, por suspeita de praticarem roubos.

Fonte: Rondoniagora

Postar um comentário

0 Comentários