Plataforma digital da Ciretran de Ji-Paraná registra aumento de demanda e agilidade na prestação de serviços essenciais



Atualmente, mais de 90% dos procedimentos da Ciretran em Ji-Paraná são resolvidos por meio dos canais eletrônicos

As medidas inovadoras adotadas pelo Governo de Rondônia fez aumentar a procura por serviços essênciais na plataforma on-line do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) em plena pandemia. Atualmente, mais de 90% dos procedimentos da Ciretran em Ji-Paraná são resolvidos por meio dos canais eletrônicos. Tudo de forma eficiente e ao mesmo tempo, respeitando o distanciamento social para procedimentos presencias agendados pelo e-mail agendajipa@detran.ro.gov.br ou no site www.detran.ro.gov.br.

Desde quando foi registrado o primeiro caso de coranavírus em Rondônia, em março de 2020, o Estado adotou uma série de medidas para evitar o contágio por covid, com orientações por meio de decretos de calamidade pública. Nesse período, o Detran criou a “Carta de Serviços on-line”, atendendo a Lei de Acesso à Informação (LAI) nº 12.527/2011. Com isso, os serviços virtuais passaram a ser bastante procurados por usuários, sendo um resultado positivo com relação ao atendimento presencial no próprio Detran e em Centros de Formação de Condutores (CFC) do Estado.



A procura por serviço on-line aumentou na unidade da Ciretran

“O governo do Estado de Rondônia priorizou o atendimento ao público. Hoje, mais on-line, para facilitar a vida dos condutores e daqueles que buscam atendimento aqui na unidade. Há uma gama de serviços disponibilizados através do site do Detran que, ao ser acessado, é possível dar entrada a todos os serviços que precisam realizar. No caso da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) tem uma plataforma específica na página”, explicou Luana Caroline, chefe de habilitação de Ji-Paraná.

No site é possível fazer todo agendamento por meio do ícone disponibilizado na tela inicial sobre o serviço que deseja. “99% dos procedimentos para habilitação são on-line. Ao acessar o site do Detran, é só clicar no ícone habilitação, depois clicar em renovação da CNH, que vai gerar o boleto, e na sequência clicar para agendar a coleta biométrica, que a foto, é feita de forma presencial”, reforçou Luana Caroline.

Segundo a chefe de habitação da Ciretran, é possível obter: taxa de licenciamento, taxa do seguro Dpvat, taxa de bombeiros, pesquisar multas; já que o sistema direciona também para a página da Secretaria de Estado de Finanças (Sefin), para impressão da taxa do IPVA. Tudo de forma rápida e com total segurança. Lembrou ainda que pelo e-mail é possível dar uma resposta eficiente aos usuários do sistema, no que tange a mudança de município, segunda via da CRV, troca de placa, alienação fiduciária e outros.

Ao passo que o Detran se atualiza em face às questões tecnológicas, Lucia Eaine, chefe da Ciretran, não descarta a importância do contato pessoal afirmando que, “O objetivo do Governo do Estado e do Detran é investir em tecnologia para dar mais eficiência no atendimento ao cidadão, mas é muito importante esse contato direto com o cidadão para saber também quais são as maiores demandas e assim buscarmos soluções”, destacou Lucia.



Cidadão agenda o serviço pela internet para ser atendido na Ciretran

De acordo com dados comparativos de atendimentos realizados pelo próprio Detran, de 2018 a 2021, foram abertos mais de 130 mil requerimentos de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) digital. Só em Ji-Paraná, são em média de 500 CNHs entregues, por mês na Ciretran. O município conta hoje com uma frota estimada em 99.561 veículos, sendo 27.774 automóveis, 39.107 motocicletas, 12,.401 motonetas, 188 ciclomotor e 39 triciclo.

Fonte: Secom

Postar um comentário

0 Comentários