Mais de 1,5 mil procedimentos foram realizados no Barco Hospital durante missão em Surpresa, distrito de Guajará-Mirim



Barcos Hospital leva equipe médica para atender moradores ribeirinhos e de comunidades indígenas

Mais de 1,5 mil procedimentos médicos foram realizados durante os atendimentos da Unidade de Saúde Social Fluvial Walter Bártolo, em Surpresa, distrito de Guajará-Mirim. A ação do Governo de Rondônia, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), encerrou no último fim de semana. A 21ª missão da embarcação de suporte médico atendeu ribeirinhos e indígenas da região.

A atividade teve duração de sete dias, sendo três e meio para deslocamento de Guajará-Mirim até Surpresa e outros três para atendimentos. O secretário da Sesau, Fernando Máximo, destacou a importância do acesso à saúde para as comunidades ribeirinhas e indígenas.

“O acesso a serviço de saúde para ribeirinhos é limitado. É necessária a articulação de projetos como este que viabilizem a continuidade da assistência a essa população”, destaca.



Paciente é atendida durante missão em Surpresa

Objetivo do barco é uma ferramenta importante utilizada pelo Governo de Rondônia para expandir serviços de saúde e de cidadania às populações ribeirinhas e indígenas.

O coordenador chefe do Barco Hospital, Giovani Guastala, agradeceu a todos os envolvidos no projeto e na missão. “O barco teve a participação de profissionais de diversas áreas, como dentista, clínico geral, técnico em enfermagem, farmacêutico e enfermeiros. Uma equipe preparada para prestar assistência médica aos ribeirinhos e indígenas”.

Foram realizados 242 atendimentos, 471 procedimentos odontológicos; 281 exames; 94 testes rápidos e 426 procedimentos gerais.

Fonte: Secom

Postar um comentário

0 Comentários