Mais de 100 mil pacientes receberam atendimento em casa pelos profissionais do Samd em 2021; número deve dobrar até o fim do ano



Por dia, 556 atendimentos são realizados pelos profissionais de saúde do Samd

Visando o acompanhamento médico aos pacientes que estão em recuperação em casa, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria do Estado de Saúde (Sesau) e do Serviço de Assistência Multidisciplinar Domiciliar (Samd) já realizou mais de 101 mil atendimentos este ano. A previsão do Samd é que até o final de 2021 os procedimentos cheguem a 202 mil.

A proposta do programa é humanizar os atendimentos médicos a pacientes de alta complexidade com aplicação de todas as etapas de cuidado, desde a prevenção até a reabilitação. Além disso, o tratamento domiciliar pode desafogar as unidades hospitalares da Capital e aumentar a segurança contra infecções hospitalares.

Por dia, são realizados 556 acompanhamentos médico domiciliar. Em 2020, o programa realizou 159 mil atendimentos e mais de 30 mil pelo teleatendimento.



Hilca da Veiga destaca que ajuda da equipe do Samd está sendo fundamental

O secretário da Saúde, Fernando Máximo, destaca a importância e a necessidade da assistência na reabilitação dos pacientes. “Quem já foi assistido pelo Samd pôde sentir o tratamento diferenciado e humanizado oferecido pelos profissionais envolvidos, pois a equipe além de cuidar fisicamente do paciente, cuida do lado emocional”.

O Samd é composto por 138 profissionais, sendo: médicos; enfermeiros; psicólogos; nutricionistas; farmacêuticos; fisioterapeutas; fonoaudiólogos; assistentes sociais; técnicos em enfermagem; técnicos em laboratórios; administrativos e motoristas.

No entanto, esse processo exige também uma participação importante da família que passa a acompanhar mais de perto o processo, contribuindo na reabilitação e melhora de seu familiar.

Hilca da Veiga, esposa do paciente Roberto Dias, conta que o marido sofreu graves sequelas da covid-19 e a equipe do Samd trouxe um enorme alívio para ela e seus filhos. “Com o auxílio e toda a ajuda dos profissionais, meu marido pôde ter um tratamento exclusivo, seguro e perto da família”.

De acordo com Antônio Marcos, coordenador do Samd, o atendimento domiciliar é uma estratégia que prioriza as ações de recuperação da Saúde do indivíduo e de seus familiares de forma integral e contínua. “Os principais objetivos do atendimento domiciliar é reorganizar a assistência de saúde e substituir o atendimento hospitalar para o tratamento em casa”, finaliza.

Fonte: Secom
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem